Assimetria

Infância

de marcas,

sinaleiras,

corda-bamba,

doce,

amargo

e tesouros de vidros

ocultos.

Vida desbotada.

 

O inicio

(um fim sem propósito)

perscrutar

(ver e não poder tocar)

panorama

(de um horizonte)

esperança

(de uma música diferente)

Pátria

(que uma criança espera)

prantos

(que se derramam sem que uma criança entenda)

vida

(que a nação espera)

De crianças que podem ser felizes.

 

Vago

 

Futuro extirpado

presente e passado

infausto;

Abraços vazios (…)

olhar tacanho

suplica afago em

vida subtraída…

—————————————————–

de sonhos que sangram natimortos!

 

Eduardo Candido Gomes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s