Sexta-Feira

As noites de sexta-feira sempre brilham mais, são mais belas, aguçam nossos sentidos, nos tornam apreciadores das belezas mundanas da vida, talvez por nos brindarem com a atmosfera de alegria e de descontração que nos embala com a chegada dos fins de semana, com a chegada de dias que nos farão realizar os sonhos mais puros ou mais insanos, em horas vividas em alta intensidade.

Sinto-me mais romântico as sextas, tudo a minha volta parece se mover em velocidade reduzida, com a trilha sonora certa para cada momento, ouço, de fato, aos cantos dos pássaros, e esses me são mais afinados, noto as flores nos topos das árvores da Ribeirão Preto, que, veementes, se mostram mais sedosas, degusto, após partidas de paralelepípedos nas ruas do passado, o doce de sede saciada com frutos maduros, desfruto, à distância, dos bares da Augusta repletos de pessoas interessantes traçando planos entre goles, entre tragos, entre beijos,…

A cada sexta-feira revivo minhas ânsias, meus medos, minhas vontades, …, a cada sexta-feira mergulho, por entre copos, garrafas, sarjetas, em uma busca coletiva pelas nuances da vida, a cada sexta-feira busco em si um pouco mais de mim e em mim encontro o desconhecido.

 

Eduardo Candido Gomes

Anúncios

2 Respostas para “Sexta-Feira

  1. Com poucas palavras conseguiste passar a tua sensação de sexta-feira para mim! Muito sinestésico!

  2. Me gusta =)
    As sextas nunca são as mesmas !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s