Arquivo do dia: outubro 16, 2011

Coração Anárquico

Cólera,

         ventura,

                     gozo,

                            tortura,

                                     coração anárquico.

 

                                     De caminho errante

                                                      peito estéril,

                                     insistência pulsante,

                                                      em amor ferio;

                                     tibieza subverSiva!

 

Metamorfose

em cárcere úmido;

Âmago acorrentado!

                        Overdose

            em sentimento púnico,

                        Inebriado.

 

Habita-me

saca-me as asas (…)

deixa-me voar,

conhecer a força da imaginação,

a outra margem (…)

a palavra;

deixa-me voar,

viver em cores,

em sonhos coletivos (…).

 

 Desvela em mim

cândidas aventuras

em trianons

acalentados por orvalho

sob nascente sol de Bomfim.

Desvela em mim

tua essência.

 

Eduardo Candido Gomes 

 

Anúncios